VAMOS ECONOMIZAR DE VERDADE!!!

No ultimo dia 31 de outubro o prefeito Toninho mandou para a Câmara o projeto de lei nº 87/2017, pelo qual propôs uma redução insignificante de 10% nos subsídios do Prefeito, Vice e Secretários, como dos vencimentos dos Cargos em Comissão e Funções Gratificadas.

Para exemplificar o quanto é pífia a medida, reduzir 10% dos vencimentos do prefeito, segundo portal da transparência hoje no valor de R$ 31.401,41, implicaria numa economia de R$ 3.139,99 aos cofres públicos. O prefeito continuaria com salário de exorbitantes R$ 28.261,26, um absurdo quando comparado com a média salarial dos servidores, e absurdo ainda maior se levarmos em conta a atual situação econômica nacional.

Da mesma forma os vencimentos dos vereadores é de R$ 12.646,21, o que implicaria numa economia de R$ 1.264,62 por cada vereador, já que cada edil continuaria a receber a importância de R$ 11.381,60.

Para economizar de verdade é que o Sinsep pretende coletar assinatura de 5% do eleitorado Sãojoseense e, assim, encaminhar moção de projeto de lei de iniciativa popular à Câmara para que seja debatido e votado o  seguinte:

- Redução, em 50%, no mínimo, dos subsídios do prefeito, vice, secretários e dos vereadores;

- Redução, em 50%, no mínimo, do número de cargos comissionados da prefeitura e da câmara;

- Que as seções legislativas e das comissões sejam realizadas após as 18h30.

Por isso é importante a participação de servidores e servidoras, como da população em geral na coleta das assinaturas necessárias para o encaminhamento da Moção ao Projeto de Lei de Iniciativa Popular à Câmara. 

Participe!!!